Amo Casamentos

Chá de cozinha: as melhores dicas para fazer um inesquecível

Chá de cozinha

Brincadeira que virou tradição no Brasil, o chá de cozinha – ou chá de panela, como muitos preferem – é costumeiramente um momento de descontração para a noiva nos agitados dias que antecedem o casamento. Trata-se de uma ocasião para que as melhores amigas da noiva se encontrem com ela e gozem de muitas brincadeiras e intimidades, antes que o matrimônio a transforme em mulher casada.

Tem vários formatos e cada um deles pode ser organizado conforme a personalidade dos noivos – especialmente da noiva -, mas, o mais comum é transformar o momento de brincadeiras para também brindar a noiva com utensílios para sua casa que ainda estão faltando no enxoval.

O pobre apaixonado pela moça rica

Nestes momentos de dificuldades na economia e de escassez no emprego, esta é uma das melhores alternativas para um bom chá de cozinha. Na verdade, também tem a ver com sua origem, segundo as melhores pesquisas – embora não exista uma definição clara de onde e quando tudo isso começou.

Fala-se que teria começado onde hoje é a Holanda. Um operário pobre, apaixonado por uma moça rica, recebeu a ajuda de amigos para montar uma bela casa com todos os itens indispensáveis aos costumes da moça na casa dos pais. Mas, claro, esta história está mais para o terreno da lenda do que narração de indiscutível veracidade.

Bons drinques e muitos comes e bebes

Nos nossos tempos e aqui mesmo no Brasil, tornou-se sinônimo de uma brincadeira carregada de muita seriedade. Na verdade, são duas as versões. Para famílias financeiramente abastadas, vale apenas a brincadeira do encontro, com as amigas participando da derradeira festa de solteira da noiva. Muitos drinques, comes e bebes e algumas confissões picantes. Às vezes, até viagem em conjunto.

A segunda versão é a mais comum – o chá de cozinha transforma-se num momento de brincadeiras, mas, também, de suprir as necessidades da noiva em itens essenciais para sua nova casa.

Chá de cozinha

Madrinhas ou amigas podem organizar

Por isso mesmo, o chá de cozinha pode transformar-se em chá de quarto, chá de guarda roupas ou até mesmo o próprio chá de cozinha, com presentes como panelas, pratos, talheres e outros que vão suprir as necessidades neste setor da casa.

Como brincadeira, o ideal é que o chá de cozinha seja organizado pelas principais amigas da noiva, de forma especial suas madrinhas. E, embora combinada entre todas e com a própria noiva, seja repleta de surpresas destinadas a tornar o encontro mais descontraído e divertido.

Bom momento para garantir presentes

A primeira coisa a ser pensada para um chá de cozinha, portanto, é o local onde ele será realizado. Tem que ser um ambiente amplo o bastante para receber todas as amigas e as brincadeiras imaginadas. Junto com esse local, portanto, já deve ser organizada a lista de convidadas.

Aqui também existem duas versões. Ou organizado o chá de cozinha com a participação apenas das amigas mais íntimas, ou com uma turma um pouco maior, incluindo aí as amigas do trabalho e da profissão. Neste caso, para garantir que a quantidade de presentes efetivamente supra as necessidades que a noiva ainda tem em itens para sua futura casa.

Escolha um tema bem divertido

Os presentes constituem outro item de importância e destaque para o chá de cozinha. Embora muita gente não goste, uma das melhores alternativas ainda é a famosa lista de compras de alguma loja. É que a própria noiva pode participar da definição da listagem dos presentes, a serem escolhidos pelas amigas.

Com o objetivo de tornar a festa mais agradável e divertida, é comum também a escolha de algum tema para o chá de cozinha. Se for em torno de uma piscina e o tempo ajudar – for no verão, por exemplo -, pode ser o chá de biquíni. Ou o chá de lingerie, se ocorrer num ambiente apropriado.

Distribuir convites ficou mais barato

O tema dará também opções para a decoração do ambiente. O bom é que todas as melhores amigas da noiva participem da organização do chá de cozinha, pois, como todos sabem, esta é uma época de muita atribulação e compromissos para a noiva. Por isso mesmo, aliás, não convém deixar para a última semana, que é sempre de arrepiar em termos de compromissos.

Um mês antes do casamento é uma data apropriada para a realização de um bom chá de cozinha. Escolhido o tema, vamos aos convites. Pode ser montada alguma coisa bem criativa – escolha uma amiga que trabalhe bem com o computador – e que já dê início às brincadeiras. É possível mandar imprimir ou distribuir por e-mail para as amigas. Ou via alguma rede social, em grupo fechado. Enfim, as alternativas hoje são muitas para economizar.

Chá de cozinha

Adivinhação dos presentes e gargalhadas

Definidos o tema e o local e com os convites já na rua, assim como a lista de presentes, está na hora de começar a pensar nas brincadeiras. É bom que nem todas sejam do conhecimento da noiva, para que o ambiente entre amigas caia mesmo na descontração.

Para provocar essa alegria, é também interessante que o chá de cozinha abra já com a liberação dos drinques, o que ajuda a animar a mulherada. Comece sempre com as brincadeiras, como a abertura dos presentes e a tradicional adivinhação. Isso sempre provoca boas gargalhadas e, mais os drinques, abre caminho para a diversão.

No chá de cozinha, despedida de solteira

Logo depois das primeiras brincadeiras, é bom também liberar alguma coisa para comer. Pensar em alimentos rápidos, como aqueles lanchinhos pequenos e guloseimas que agradam a todos. Os próprios doces, por exemplo, ajudam a que os drinques não ‘peguem’ rápido demais. É preciso deixar a descontração correr solto, mas, sem exageros.

Entre as brincadeiras, há uma mais dos tempos atuais que consiste em gravar uma entrevista com perguntas e respostas ao noivo. Depois, solta-se a pergunta e a noiva tem que adivinhar o que ele respondeu, para ver se realmente um conhece bem o pensamento do outro. É uma brincadeira que sempre rende boa diversão. No mais, é muita conversa fiada entre as amigas, especialmente as mais antigas.

Afinal, daí para a frente a vida muda, vêm as responsabilidades de casada e, quem sabe, os filhos. A rotina de encontros com essas amigas dificilmente se repetirá. O chá de cozinha, portanto, é mesmo uma despedida de solteira.