Amo Casamentos

Conciliar casamento e filhos: dicas que você precisa saber

Conciliar casamento e filhos

O casamento, por si só, já é algo que demanda tempo, dedicação e sabedoria para superar as diferenças entre o casal. Também é importante promover a boa convivência para que se obtenha uma relação duradoura e feliz. Com filhos a necessidade de dividir e direcionar o tempo para a família aumenta. Para um casal que pretende ter filhos, é importante ressaltar que muitas coisas mudam na vida a dois.

Os espaços precisam ser ampliados, a organização da casa não é mais a mesma, e o cansaço aumenta. Para que isso ocorra da melhor forma possível, é importante que haja planejamento dos noivos em concordância com a carreira profissional e estabilidade financeira de ambos.

Portanto, quanto mais planejamento houver, mais fácil conciliar casamento e filhos. Assim como para a festa de casamento são acordados os regimes de bens, por exemplo, o casal deve entrar em acordo quanto a outros aspectos referente às crianças, desde a escolha do nome até a divisão de responsabilidades para educar o pequeno.

Conciliar casamento e filhos – À espera do bebê

As preocupações com o recém-nascido começam muito antes de sua chegada ao mundo. Para oferecer o melhor ambiente para a criança e também em termos de educação e transmissão de valores, o casal precisa estar preparado.

O primeiro desafio é manter o relacionamento saudável, pois é importante oferecer à criança uma estrutura familiar, então esta responsabilidade aumenta. As primeiras mudanças surgem durante a gestação, em que o humor da mulher varia, a disposição física também, ela precisa de cuidados maiores e apoio de seu companheiro.

É comprovado que conversar com o bebê ainda na barriga da mãe o faz ter familiaridade com a voz paterna, o que reforça a importância da presença do pai para a criança. Neste momento há muitas expectativas quanto à chegada do bebê, as quais são vivenciadas pelo casal e até mesmo fortificam os laços existentes entre eles.

Nesta fase os pais devem planejar o quarto do bebê, assim como anteriormente fora planejado os aspectos referentes à festa de casamento. São promovidas as festas como o chá de fralda e são realizadas fotos da gestação. Alguns pais gostam de fotografar a cada mês, e guardar a evolução da barriga com muita criatividade.

Quando a gravidez não foi planejada, os pais têm igualmente a missão de organizar o máximo de coisas possíveis para oferecer ao bebê em nove meses ou menos, e o desafio se torna ainda maior.

Conciliar casamento e filhos

Tempo para o casal

As crianças já chegam ao mundo exigindo um espaço só delas, tomam o tempo dos pais, visto que são seres totalmente dependentes da mãe. Por este motivo é necessário o que chamamos de licença à maternidade ao nascimento do bebê.

Atualmente o homem tem direito à licença à paternidade, uma conquista advinda da igual necessidade de participação e divisão de cuidados entre os pais para com o recém-nascido. Esse avanço ocorreu em detrimento da antiga ideia que somente a mãe é responsável por cuidar dos filhos.

Logo, o casal possui menor tempo disponível para ficarem a sós e aproveitarem o casamento, pois agora têm a profissão de serem pais e mães em turno integral. Além, é claro de suas carreiras profissionais. Nessa perspectiva, se torna importante que a criança seja acostumada a ter este espaço para ela. Para isso deve ser incentivado que desde o início ela adormeça no berço.

Esta é uma tarefa muito difícil para alguns pais corujas, que gostam de estar sempre por perto. Porém se isto não for estabelecido da melhor forma, a privacidade do casal é colocada de lado. Isto se torna prejudicial ao matrimônio, uma vez que é substancial que o casal tenha uma vida sexual saudável e destinem tempo para troca de carinho entre eles.

Desempenho dos papéis

Em conjunto a dedicação de tempo vem a divisão de tarefas e responsabilidades: troca de fraldas, deixar a mamadeira pronta, e conforme o tempo passa, o dever de levar e buscar à creche. O modo como a criança será educada demanda um consenso e concordância entre os pais, que podem divergir em suas opiniões. Nesse sentido deve ser pensado em como a criança será educada, questões de crenças religiosas, estilo de vida, estímulos a esportes, entre outros.

O planejamento financeiro também muda diante das necessidades e gastos com pediatras, remédios, roupas, calçados, e também alimentação. Aliás, os cuidados com a alimentação das crianças são fundamentais.

Cada um dos pais tem igual dever de proporcionar, desde o nascimento, qualidade de vida, saúde e segurança para o bebê. Aspecto fundamental para que nem um dos dois se sinta sobrecarregado com a conciliação das tarefas diárias e estejam dispostos a prestar o apoio um ao outro.

Os passeios e viagens serão diferentes, pois agora a criança necessita de supervisão constante e os locais para ir devem ter espaço destinado aos pequenos. A partir disso, o casal vive uma nova realidade e não podem deixar com que a rotina cansativa prejudique o casamento.

Conciliar casamento e filhos

Como preservar o relacionamento e conciliar casamento e filhos

É importante que haja comprometimento de ambas as partes, visto que o negligenciamento pode afetar tanto o relacionamento quanto o desenvolvimento da criança. Por isso é necessário a divisão de tarefas e o equilíbrio no desempenho dos papéis de pais, e não menos importante, de marido e mulher. Para isso, é fundamental destinar momentos para confraternizações em família, momentos de descanso e lazer.

Os momentos íntimos e cultivo da cumplicidade do casal, assim como troca de mensagens e comemoração de datas especiais são essenciais para que eles encontrem conforto um no outro e ao mesmo tempo possam se apoiar perante as dificuldades.

Educar uma criança é uma das tarefas mais difíceis e com maiores responsabilidades.  Conciliar casamento e filhos exige muita paciência e dedicação. Entretanto, a vida do casal ganha um novo sentido. Nesse momento eles têm algo em comum, o que provavelmente será o bem mais precioso de suas vidas deste momento em diante, seus filhos. Uma sugestão para lembrar e reforçar o amor entre o casal é realizar a renovação dos votos de casamento, em que os filhos acompanham o casal.