Amo Casamentos

Mantilha de noiva: como usar e 16 lindas fotos para te inspirar!

Mantilha de noiva

Mais uma opção encantadora para você arrasar no Dia D, a mantilha de noiva prova que o tempo sempre nos reserva os mais belos presentes!

Mas você ainda não conhece mais este lindo acessório para usar no casamento?

Chegou o momento de você se apaixonar por mais uma tradição que atravessa milênios e segue coroando futuras esposas até os dias de hoje.

Fique ligada neste artigo! Pois, nas próximas linhas, você vai saber mais sobre a mantilha de noiva, suas origens, dicas e fotos lindas.

O toque sutil no Dia D

Como grande marca, a mantilha de noiva é um daqueles acessórios bem delicados, que garantem um toque de muita sofisticação e sutileza para as noivas que querem um look mais clássico!

Além do mais, uma peça como a mantilha de noiva é ideal para vestidos elegantes e simples ganharem um visual harmônico.

A origem da mantilha de noiva

A mantilha de noiva é um acessório criado ainda nos tempos da Espanha de séculos atrás, mas que até hoje ainda é tradicional em terras europeias.

Por ser uma peça antiga é só pode ser passada de mãe para filha, a mantilha de noiva pode se tornar um objeto muito difícil de se encontrar!

Você, amiga leitora, tem algum parente em solo espanhol? Caso contrário, a saída é fazer a sua!

Na época de seu surgimento, a mantilha de noiva era basicamente confeccionada com bordados, todos à mão.

Além de dar mais beleza e realçar a juventude e a pureza feminina, sua função era esconder o rosto justamente para evitar os maus espíritos e aqueles olhares mais invejosos que rondam todo casório…

A mantilha, o véu e a grinalda

Sim, você pode estar sonhando com sua manilha de noiva… Mas já se perguntou qual a diferença entre os dois acessórios? A resposta é simples!

Se você ainda não sabe, um véu é produzido com tecidos mais finos e suaves, proporcionando mais fluidez e leveza e a composições e looks.

As grinaldas são conhecidas pelas referências à natureza, estando associadas às coroas antigas usadas na Idade Média e que remetem à esperança de novos tempos e renovação.

No caso da nossa mantilha de noiva, a composição é cheia de bordados e rendas nas bordas, seguindo quase que o mesmo padrão dos vestidos.

Encontrando a mantilha que é a sua cara

Mesmo sendo um pouco difícil encontrar uma mantilha de noiva original, nem todas investem nesse look clássico do acessório!

Atualmente, a peça é um dos complementos mais desejados pelas mulheres mais moderninhas, ainda quando a produção tem os seguintes estilos:

  • Praiana;
  • Campestre.

Assim, ainda é possível você solicitar uma linda réplica, aproveitando tecidos e estilos similares aos da mantilha de noiva lá de séculos atrás!

O que dá mais força a essa ideia é justamente fazer uma releitura do passado, das grandes tradições e a presença marcante do clássico, marca registrada de muitos casamentos.

Utilizada quase como um véu, a mantilha de noiva se diferencia pela presença de texturas mais pesadas, seguindo assim a linha de composição do vestido.

Mas lembre-se de que usar a peça exige certas regras e cuidados!

Confira essa dica de ouro para você arrasar no look: seu vestido não deve ter renda, pois ela tem que estar apenas nos bordados. Ainda mais nas bordas!

A tradição das bordadas

Como é marca registrada da mantilha de noiva, toda peça requer a presença de grandes bordados em suas extremidades, atuando como uma linda moldura para o rosto!

Mas, mesmo com esse ar tradicional e clássico, ela ainda oferece diversas alternativas para você combinar a riqueza de seus bordados com looks distintos de vestidos e sapatos!

Apesar de a mantilha de noiva ter um certo peso, essas tramas bem trabalhadas num tecido resistente garantem à produção toda a força e beleza que uma mulher pode representar!

Dicas e combinações

Com você pode conferir com a gente, investir numa manilha de noiva é realmente investir numa peça à altura da beleza da cerimônia!

Mas para você acertar em cheio na produção do look, que tal algumas dicas para ficar mais inspirada e deixar seu Dia D ainda mais especial?

Confira abaixo nossas melhores sugestões de harmonizações para a manilha de noiva fazer sua cabeça na celebração do seu casamento!

Acerte na harmonia

Começando por uma dica essencial, jamais seja exagerada na composição do look!

Isso porque a manilha de noiva dispensa vestido bordados, cheios de renda e com muito volume. Afinal, a peça fica perfeita apenas com vestidos mais simples…

A forma de usar

Por ter um certo peso, a mantilha de noiva precisa estar bem junto ao rosto e corpo.

Ao mesmo tempo em que um véu fica posicionado na parte de trás, ela fica mais segura –e bela–na região próxima à testa.

Evite coroas volumosas

Se você quiser investir em outros adereços para combinar com a mantilha de noiva, deixe de lado aquelas coroas brilhantes e altas! Invista nas tiaras, com aquele ar de princesa, pois são delicadas, sutis e baixas.

Caso queira inovar e abusar do visual, outra dica é usar a mantilha apenas durante a cerimônia. Assim, na hora da festa, dá para você utilizar um acessório diferente!

O comprimento da mantilha

Um detalhe que vai enriquecer o look, é seguir a regra de que uma mantilha de noiva deve ser sempre mais comprida do que a cauda do seu vestido!

Não importa o tamanho, ela deve ser maior que qualquer cauda para ganhar ainda mais destaque, certo?

Tamanho e altura

Procure sempre acertar na escolha do tamanho da mantilha de noiva para bater com a sua altura.

Isso porque, assim como um véu mais comprido alonga a silhueta, o mesmo acontece quando você usa uma mantilha.

Neste caso, nossa dica de ouro é a seguinte: ao finalizar seu penteado, teste para saber se a peça ficará bem segura! Você não vai querer que a mantilha despenque no meio do seu Dia D, vai?

Também é vital saber o local da cerimônia onde você vai desfilar possui grama ou tapetes, pois eles podem se enroscar no acessório!

Galeria de fotos